Tentativa de burla na sucata

TENTARAM VENDER PEDRAS ENLATADAS
 
 

 

 

 

 

 

 

 

 

Muitos dos produtos alimentares são vendidos em latas. Um novo produto foi recentemente testado em Outeiro Pequeno com o objectivo de averiguar a sua rentabilidade junto dos sucateiros outeirenses. O produto destinava-se à confecção da tradicional Sopa da Pedra. As pedras passariam a fazer parte do principal prato gastronómico português e seriam distribuídas em latas de 25 litros em todo o país e também em Espanha. No entanto, os sucateiros que também têm olho para o negócio, não quiseram associar-se ao lançamento do produto temendo uma diminuição no preço da sucata e um possível aumento da procura de calhaus. Referiram ainda, que tiveram conhecimento de que os espanhóis já pensavam em adquirir toda a pedra da Serra D’Aire para começarem a confeccionar em Espanha uma sopa da pedra especial para os turistas portugueses que a visitam. Um prestigiado restaurante espanhol também referiu ao «Fruto da Notícia» que os portugueses nem iam sentir a diferença, dado que a água com que é confeccionada a sopa da pedra em Portugal já vem de lá…

No passado mês de Agosto, três objectos estranhos causaram várias interrogações a Maria Lucília dos Reis Clérigo. A surpresa ocorreu quando a proprietária ao entrar na sua propriedade rústica denominada de “Courelas”, situada entre a Rua António dos Santos Pereira e o caminho para o “Freixial”, deu de caras com 3 latas de grandes dimensões. Duas das latas estavam próximas, e a outra um pouco mais abaixo. No entanto, ambas escondiam algo nos seus interiores, dado que as partes superiores estavam fechadas com as bordas superiores amarrotadas. Maria Lucília ainda pegou numa, mas o peso era muito. Desconhecendo o que estava no seu interior, depressa a largou porque suspeitou de que poderia estar armadilhada. E não descansou enquanto não deu conhecimento ao seu filho João. Este quando foi ver as estranhas latas rapidamente se deu conta de que afinal, estas escondiam pedras nos seus interiores. A armadilha afinal era contra algum sucateiro: as latas foram cheias de pedras e fechadas pelas boca com o objectivo de serem vendidas juntamente com outra sucata a algum dos sucateiros em Outeiro Pequeno. No entanto, a tentativa de burla terá sido descoberta e os seus autores, ao passarem por ali, abandonaram as latas naquela fazenda junto à estrada.

Se a moda pegasse, os calhaus portugueses ficariam em vias de extinção!!!

Sobre Fruto da Notícia

Jornal « Fruto da Notícia »
Esta entrada foi publicada em Uncategorized. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s